top of page

DENÚNCIA – Parlamentares nos Atos Golpistas

Humaniza SC entrega Ofício para a Relatora da CPMI

O Instituto Movimento Humaniza Santa Catarina, representado pelo Dr. Prudente Mello, entregou nesta tarde à Senadora Eliziane Gama (CIDADANIA-MA), relatora da CPMI do 08 de Janeiro, Ofício reiterando a necessidade de investigar a participação e contribuição de parlamentares nos atos antidemocráticos do 08 de janeiro.

No documento, citamos, como já havíamos feito no pedido de cassação do mandato da Deputada federal Júlia Zanatta (PL-SC), a reunião ocorrida – e fartamente documentada – na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, ALESC, no dia 06 de Janeiro, dois dias antes, portanto, da tentativa de golpe e invasão dos Poderes da República, Câmara Federal, Palácio do Planalto e Supremo Tribunal Federal.


Senadora Eliziane Gama e Dr Prudente Mello

No evento na ALESC do dia 06/01, organizado por Júlia Zanatta, diante de uma platéia de centenas de CACs (Colecionadores, Atiradores e Caçadores) e dezenas de representantes de lojas de armas, reuniram-se vários atores políticos da extrema-direita. Além da Deputada, o Senador Jorge Seif (PL-SC), o Deputado Mario Frias (PL-SP) e o Deputado Marcos Pollon (PL-MS), presidente do Pró-Armas. Todos foram recebidos pelo Governador Jorginho Melo (PL-SC) na Casa da Agronômica, sede do poder estadual.

Também participou o ferrenho defensor do armamentismo Benê Barbosa. Este, inclusive, em pronunciamento após a reunião, afirmou que “gostei bastante do discurso do Pollon (…) percebeu que é necessário não apenas um movimento político, mas um movimento cultural” e, também, disse saber de “um plano de ação, é claro que não posso discorrer sobre esse plano, que não foi nem gravado porque é algo que não pode ficar público”. Dois dias após, os golpistas tomaram Brasília.

Assista o vídeo de Benê Barbosa clicando AQUI.

No Ofício também sugerimos à CPMI que se debruce com atenção sobre os supostos vínculos internacionais de parlamentares brasileiros, inclusive do sul do pais, além de diversos outros parlamentares e da família Bolsonaro, com a indústria de armas no Brasil e EUA cuja movimentação resultou na invasão do Capitólio, sede do Legislativo norte-americano em Janeiro de 2021. Anexamos, ainda, um dossiê sobre a Deputada produzido pela organização internacional GRAFGlobal Researchers Against Fascism – sobre tais vínculos.


Hoje tomamos conhecimento de mais 3 pessoas processadas: Tiago Reis (influencer) Manuela D´Avila (PCdoB-RS) e Dr Roger Costa da Silva (médico, ex-candidato a vice prefeito de Laguna/SC pelo PDT)

O Instituto Humaniza Santa Catarina não vai se calar diante dos processos judiciais movidos pela Deputada contra nós e nossos apoiadores! Tivemos conhecimento de uma grande quantidade de pessoas e órgãos de imprensa que, igualmente, estão sendo processados por expressar opinião.

Representamos mais de uma centena de entidades civis em Santa Catarina e no Brasil, além de milhares de apoiadores simpatizantes e acreditamos na DEMOCRACIA e na LIBERDADE para denunciar o extremismo que proliferou no país e, principalmente, em Santa Catarina. Somos o estado com mais células nazistas que qualquer outro no Brasil. Combatemos todo tipo de discurso de ódio e intolerância, o radicalismo neonazista e fascista.

Abaixo, a íntegra do Ofício enviado à Relatora da CPMI, Senadora Eliziane Gama.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page