top of page

COMBATE AO NAZIFASCISMO EXIGE FIRMEZA

Ministro Flavio Dino é alvo de críticas por ações de combate ao extremismo



Flávio Dino, ministro da Justiça e Segurança Pública. | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Justiça, Flávio Dino (PSB), rebateu às críticas em relação a sua atuação de combate sobre os crimes contra a democracia, por meio de uma declaração publicada nas redes sociais, neste sábado (22).

Segundo o ministro, “os autores de crimes contra a ordem democrática e seus guardiões devem ser punidos com firmeza, em face da lesividade das condutas ilícitas e da relevância do bem jurídico tutelado: a defesa da Constituição”, escreveu em seu perfil, no Twitter. 


Dino também citou as ações desencadeadas por apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) e membros da extrema-direita, como a invasão às sedes dos Poderes, em Brasília, em 8 de janeiro. 

Sustento projetos de lei, decisões judiciais ou investigações da Polícia Federal que sejam coerentes com essa atitude de combate ao perigosíssimo nazifascismo do século 21, que mata crianças em escolas, destrói o prédio do Supremo e se acha autorizado a agredir pessoas por questões políticas”, acrescentou.

O ministro da Justiça ainda destacou que é preciso ficar atento para não minimizar “riscos antidemocráticos”.

Respeito as críticas, mas manterei a mesma linha de atuação. Quem minimizou os riscos antidemocráticos, há 100 anos atrás na Alemanha ou na Itália, alimentou um monstro. Busco não pecar por omissão. Assim se constrói a verdadeira PAZ, aquela que nasce do RESPEITO À CONSTITUIÇÃO“, completou.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page