top of page

RACISMO: MPSC ABRE INQUÉRITO

A pedido do HumanizaSC, MP-SC manda abrir investigação

Atualizado em 03/10/23 – 14h57

Em 17 de Julho passado, o Instituto Movimento Humaniza Santa Catarina protocolou na Promotoria de Justiça da Comarca de Joinville, SC, denúncia de racismo contra um menino de 13 anos no bairro de Fátima.

O caso tornou-se conhecido através da mobilização do Movimento Negro Maria Laura, que acolheu a família, está prestando assistência advocatícia à Sulamita (mãe do menino) e a encorajou em todo o processo de denúncia junto à Polícia Civil. Foi através de uma solicitação do Movimento Negro Maria Laura, inclusive, que o Humaniza SC se envolveu nessa causa, fortalecendo e colaborando para a sua visibilidade. 

O caso está publicado AQUI.

Em 21 de setembro, o Promotor de Justiça, Dr. Ricardo Paladino, acatou nossa denúncia e determinou ao Delegado Regional da Polícia Civil de Joinville que instaure inquérito, no prazo de 20 dias, para apurar os fatos. Contudo, as investigações já estão em curso dadas as ações iniciadas pelo Movimento Negro Maria Laura, em Joinville.

O promotor juntou ao encaminhamento os documentos e vídeos que fornecemos.

Esta vitória dos Direitos Humanos deve prevalecer em todos os casos de racismo para serem devidamente investigados e, em seguida punidos.

Aguardamos o resultado do inquérito policial.

Estamos atentos.

Abaixo, a íntegra do despacho da 8a Promotoria de Justiça de Joinville.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Hozzászólások


bottom of page